Alimentos com vitamina E para ajudam menopausa

alimentos-vitamina-e-menopausaUma pesquisa realizada pelo Hospital das Clínicas, de São Paulo, revelou que a maioria das brasileiras na fase da menopausa está acima do peso. O hospital avaliou 6 mil mulheres com mais de 40 anos ao longo de mais de uma década.

Mais da metade delas têm excesso de peso e dois terços estão com sintomas vasomotores, como as famosas “ondas de calor”. Segundo o relatório, elas entram na menopausa, em média aos 48 anos. Além disso, verificou-se que os “calorões”, palpitações e melancolia têm mais chance de aparecer em mulheres que entram na menopausa mais cedo.

Segundo a nutricionista Flávia Morais, da Rede Mundo Verde, a diminuição na produção do hormônio chamado estrogênio causa alterações no corpo da mulher como o aumento do peso, variações de humor e diminuição da libido. Flávia defende a inclusão de alimentos ricos em vitamina E na rotina alimentar dessas pacientes, pois o complexo possui papel fundamental nessa fase.

— Para amenizar esses sintomas devem-se priorizar alimentos frescos ricos em nutrientes como frutas, verduras, legumes e brotos. As oleaginosas, nozes, castanhas, amêndoas, sementes de gergelim, girassol e os óleos vegetais são boas fontes de vitaminas E, que ajudam a diminuir as ondas de calor — afirma.

O consumo regular de óleos insaturados, principalmente o óleo de linhaça rico em ácidos graxos, Ômega 3 e fibras ajuda a combater a redução da lubrificação vaginal. A inclusão no cardápio de alimentos como a soja, fonte de isoflavonas, que imitam a ação do estrogênio, também ajuda a aliviar os sintomas da menopausa.

— A ingestão de alimentos crus, como frutas e verduras diminuem a acidez do sangue, o que é importante para a prevenção de osteoporose — diz.

Flávia afirma ainda que alimentos ricos em gorduras saturadas ou refinados devem ser evitados. O excesso de açúcar também é prejudicial, pois pode agravar as alterações de humor.

— As dietas ricas em proteínas e sal acidificam o sangue e aumentam a perda de cálcio, o que contribui para a osteoporose de menopausa e por isso devem ser evitados — alerta.

O que fazer para ter maior qualidade de vida:

  • consuma alimentos ricos em vitamina E, pois ela ajuda a diminuir as ondas de calor;
  • os óleos insaturados combatem a redução da lubrificação vaginal;
  • a soja é altamente recomendada pois é fonte de isoflavonas;
  • alimentos crus, como frutas e verduras, diminuem a acidez do sangue, prevenindo de osteoporose;
  • tempere as saladas com azeite de oliva extra virgem, vinagre ou molhos à base de mostarda;
  • use condimentos naturais, frescos ou secos, como cebola, alho, orégano, salsa, cebolinha;
  • incremente as saladas com quinoa ou amaranto;

O que evitar:

  • alimentos ricos em gorduras saturadas e os refinados;
  • açúcar, pois, em excesso, ele contribui para as alterações de humor;
  • dietas ricas em proteínas e sal, pois contribuem para o surgimento da osteoporose;
  • evite temperos como a maionese, molhos prontos e o sal nas saladas.

Comentários

comments

Deixe um comentário